A Menina Que descobriu o Sol é um livro infantil que nasceu da preocupação da autora em conscientizar crianças sobre o uso do filtro solar, mostrando os riscos da falta da sua utilização de uma forma lúdica, leve e divertida.A autora pesquisou linguagem, e
Model: 978-85-5565-137-3
Product ID: 424
Product SKU: 424
New In stock />
A menina que descobriu o Sol, de Claudia Schroeder

A menina que descobriu o Sol, de Claudia Schroeder

Modelo:978-85-5565-137-3Disponibilidade: Imediata


Por:
R$ 42,00

ou 4x de R$ 11,03 com juros
Simulador de Frete
- Calcular frete

Sobre a obra: A Menina Que descobriu o Sol é um livro infantil que nasceu da preocupação da autora em conscientizar crianças sobre o uso do filtro solar, mostrando os riscos da falta da sua utilização de uma forma lúdica, leve e divertida.A autora pesquisou linguagem, entrevistou dermatologistas e chegou neste livro paradidático que tem musicalidade e rima em seus versos.Para ilustrar o livro, Claudia Schroeder convidou o artista visual Victor Grosman. Ele desenvolveu o personagem principal, os secundários, o desenho da fonte e todo o projeto gráfico do livro.Ao final do livro, notas sobre a utilização do filtro solar em diferentes regiões do país e adequação de tom de pele ao fator de proteção completam a obra, instruindo também pais e demais familiares.

Sobra a autora: Claudia Schroeder nasceu em Santo Ângelo, no dia 04 de janeiro de 1973. Aos 14 anos, publicou seu primeiro livro de poemas e pequenos contos. No mesmo ano, teve o poema “SOZINHA NO TEMPO” classificado no VIII Concurso Nacional de Poesias promovido pela Revista Brasília. Formou-se em Publicidade e Propaganda pela PUCRS em 1996.

Em 2004 concebeu junto ao artista plástico chileno Jorge Moraga, uma exposição compartilhada entre artistas da literatura, pintura, fotografia e escultura. A exposição “P.O.A-24 HORAS. O DIA DAS HORAS INFINITAS” foi composta por 24 obras digitais (imagens e textos) compartilhadas através da internet. Claudia participou com a pintura de um quadro e com 22 textos que foram interpretados por outros artistas de nacionalidades distintas. A exposição, com cada obra traduzida para o espanhol, inaugurou a Casa de Cultura de EI Bosque em Santiago do Chile em 2005. Em 2006, as obras foram expostas na Galeria de Arte do DMAE em Porto Alegre. A partir deste projeto, Claudia foi uma das fundadoras da primeira Galeria Virtual de Arte no Brasil que, infelizmente, não está mais no ar. Em 2009 conquistou o segundo lugar no Concurso Nacional de Poesias Helena Kolody com o poema “JANTAR”; em 2010 foi classificada no Prémio Off Flip de Literatura com o poema “CASAMENTO” e no 9o Concurso Literário Guemanisse de contos e poesias com os poemas “NA BOCA” e “PÁLPEBRAS”.

Também em 2010, publicou o livro “LEIA-ME TODA” pela Editora Dublinense que ficou em 3a lugar no Prémio Alphonsus de Guimaraens, promovido pela Biblioteca Nacional. No mesmo ano, teve o poema “JANTAR” publicado na coletânea de língua portuguesa “A POESIA É PARA COMER” junto a nomes como Hilda Hist e Chico Buarque. Em junho de 2013, participou da Coletânea de Poesia Gaúcha Contemporânea. Foi professora univesitária na FAMECOS/PUCRS nas disciplinas de Criação II e Campanha Publictária. Hoje é Estrategista Criativa, Diretora de Criação, escritora e mãe do Theodoro que tem 4 anos.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


    Confira os produtos